Saúde

Sal marinho - os benefícios e danos ao corpo, o uso de

Pin
Send
Share
Send
Send


O sal marinho, usado como aditivo alimentar, é único em sua composição e os benefícios de seu uso são óbvios.

Sal marinho: os benefícios e danos. "Veneno branco" - dê o característico. "White Gold" - contradizem outros. As disputas não desaparecem há décadas. Então quem está certo?

A ingestão excessiva de sal pode ter efeitos colaterais.

As vantagens do sal marinho

Ela está em todo lugar. Sem ela, a vida na terra é impossível. Se é demais, todos os seres vivos perecem. O sal é o único mineral que comemos na sua forma mais pura. É amplamente sabido que o sal marinho é usado por pessoas da antiguidade profunda. 4000 anos atrás, foi temperado com comida e usado para armazenamento de alimentos. Os pioneiros na extração e uso do sal marinho eram os habitantes do Mediterrâneo.

O que distingue o sal marinho da culinária habitual? Ambos os produtos contêm cloreto de sódio: dois elementos químicos (sódio e cloro), combinados em um - sal. Com apenas uma diferença: o análogo cozido continha 99,9% do composto químico e sal marinho - 77,5%. O interesse "livre" restante é o conteúdo de tais elementos-traço como:

  • magnésio;
  • iodo;
  • potássio;
  • silício;
  • bromo;
  • cálcio;
  • selênio;
  • zinco;
  • manganês;
  • flúor.

O sal marinho, como aditivo alimentar para alimentos, é necessário em doses mínimas para o funcionamento do corpo

Isso prova que o sal marinho, usado como aditivo alimentar, é único em sua composição, e os benefícios de seu uso são óbvios, mas não se deve desconsiderar os danos à saúde causados ​​pela ingestão excessiva de sal:

  • Aumento da pressão arterial.
  • Retenção de líquidos no corpo, o que leva à deterioração dos rins.
  • O desenvolvimento de gastrite.
  • Exacerbação de catarata, glaucoma.

Dica! Adicionando à sua dieta não mais do que quatro gramas de sal marinho por dia, damos ao seu corpo um presente de minerais úteis, sem sobrecarregar-nos com uma base química perigosa.

Sal na culinária

O sal está presente em todas as mesas de jantar. Por que as pessoas preferem alimentos salgados frescos? Acontece, não só por causa do gosto. Um dos principais elementos constituintes - o sódio - é necessário para conduzir um impulso nervoso, isto é, a transmissão de comandos do cérebro para o nosso corpo. E sem outra base - o cloro - as reservas de ácido clorídrico, que fornecem a digestão, não serão repostas.

O sal marinho, como aditivo alimentar para alimentos, cujos benefícios e danos são constantemente considerados pelos cientistas, é necessário em doses mínimas para o funcionamento do corpo. O abuso de sal, como a maioria dos alimentos, pode levar à intoxicação, ao desenvolvimento de doenças graves e até à morte.

Abuso de sal, como a maioria dos alimentos, pode levar à intoxicação, ao desenvolvimento de doenças graves e até à morte

Comprando sal marinho para enriquecer a comida, você deve prestar atenção ao tamanho de seus cristais.

  • Sal de pequenas frações é usado para molho de salada.
  • O sal marinho de moagem grossa e média é usado na preparação do primeiro e segundo pratos.

Dica! A cor do sal marinho pode ter vários tons: branco, rosa, amarelo e até preto. Depende da área de produção de sal e do grau de purificação. Não procure comprar um produto branco: devido ao branqueamento repetido, a perda de propriedades úteis é provável.

Guardando a Promoção da Saúde

Sal marinho com seus microelementos essenciais, cujos benefícios e malefícios são equilibrados pela quantidade de ingestão de produtos, encontrou sua aplicação na medicina.

Pode ser muito na comida do sal, mas não há excesso para os órgãos respiratórios. Não admira que as pessoas tenham sido tratadas pelo mar de resfriados frequentes, pneumonia, asma, sentadas na praia, respirando o jato de ondas salgadas. Speleokurort minas subterrâneas se espalharam ao redor do mundo. As pessoas vêm aqui na esperança de se recuperar de muitas doenças. Até o momento, nenhuma das drogas nem tem uma gama aproximada de efeitos sobre o corpo de uma pessoa doente, como salinas.

Até o momento, nenhuma das drogas nem tem uma gama aproximada de efeitos sobre o corpo de uma pessoa doente, como salinas.

O sal marinho também tem um efeito benéfico em casos de:

  • doenças catarrais da garganta (enxaguando com sal marinho diluído em água morna);
  • osteochondrosis (aquecido usando sal de mar, mostarda e água com uma temperatura de 50-60 graus em uma proporção de 10: 1: 3);
  • acne (procedimento de loção salgada);
  • fortalecimento dos cabelos (esfoliação e máscaras).

Dica!O sal marinho não é uma panacéia para as doenças mencionadas, especialmente porque ainda existem contraindicações para seu uso. Portanto, consulta com um especialista antes de realizar sessões de terapia é necessária.

Relaxamento banho de sal

O sal marinho é curativo e para o banho, cujos benefícios foram apreciados na antiguidade, e os danos à saúde começaram a ser estudados relativamente recentemente. Observando as regras gerais dos procedimentos de banho, você não pode ter medo dos efeitos negativos do sal marinho, mas, ao contrário, pode usá-lo para se livrar dos azuis, relaxar seu corpo e espírito e nutrir a pele com microelementos úteis.

O sal marinho é curativo e para o banho, cujo uso foi apreciado nos tempos antigos.

  • A duração do banho deve ser de 15 a 20 minutos.
  • A temperatura da água não deve exceder 38 graus.
  • O curso dos procedimentos de banho é de 10 dias (diariamente ou após 1 dia).
  • A melhor hora do dia para tomar banho é à noite, uma vez que este procedimento promove o relaxamento e é difícil de fazer depois.
  • Não mergulhe na água acima do peito - isso afeta negativamente o coração.
  • Após o banho, seque e deite-se debaixo de um cobertor.
  • Chá de ervas ou decocção depois de um banho é um digno aliado no caminho para a paz.

Hidratação e restauração do turgor cutâneo, descamação, regeneração de pequenos arranhões e rachaduras, fortalecimento das placas ungueais, aumento da microcirculação do sangue, eliminação de várias infecções da pele - não é a lista completa das propriedades curativas do sal marinho.

Dica!Problemas nas articulações podem ser uma barreira para banhos de sal. Neste caso, é melhor consultar o seu médico.

Ouro branco para o rosto

É difícil acreditar que o sal marinho - um presente dos oceanos do mundo, uma descoberta de cosmetologistas, um benefício para a ciência e um dano ao excesso para o meio ambiente - é uma recompensa para a pele.

A máscara hidratante, branqueadora e nutritiva do sal marinho, com o efeito do esfoliante, ajudará a manter a cor da juventude e da pele por mais tempo.

Cuidar da pele do rosto e do corpo ocupa o passo mais alto da melhora vertical da aparência. Isso é natural, porque nosso reflexo no espelho deprime ou melhora o humor. A fonte da força vital para a pele é o sal do mar - o verdadeiro companheiro de um humor maravilhoso

Uma máscara hidratante, branqueadora e nutritiva com efeito de esfoliação ajudará a preservar a cor da pele e da juventude por mais tempo:

  • 0,5 cs de ido crico;
  • 1 colher de sopa. uma colher de infusão de ervas (calêndula é adequada para pele oleosa e normal, e flores de camomila para pele seca);
  • 3 colheres de sopa. colheres de sal marinho finamente moído;
  • 0,5 colher de cacau;
  • 1 colher de sopa. colher de mel.

Misture bem e esfregue a massa com leves movimentos de massagem. Este esfoliante é indispensável para o rosto e corpo. Sal e ácido cítrico purificam a pele. Mel e cacau amolecem, saturam com nutrientes. Decocções de ervas aliviam a irritação e a calma. O uso regular de matagal 1-2 vezes por semana fará a pele brilhar.

Dica!Quando erupções cutâneas, arranhões procedimentos cosméticos usando sal não é recomendado.

A esfoliação com sal pode ser usada tanto no rosto como no corpo.

Pernas, mar e sal

O sal marinho como um banho de pés é um benefício indiscutível para todo o corpo, e o dano está em apenas uma coisa: concentração excessiva de solução salina.

Banhos de pés quentes vai ajudar a lidar com:

  • peso nos pés e tornozelos (calçado apertado e posição de longa duração para abrandar a circulação sanguínea);
  • cheiro desagradável;
  • manifestações fúngicas;
  • áreas de pele endurecida (serve como uma excelente ferramenta de pedicure);
  • inchaço das pernas;
  • um molho de unhas;
  • rinite inicial;
  • insônia.

Adicionando aos decoctions do banho do pé da série, camomila, hortelã, casca de carvalho irá fornecer resultados duradouros. Uma massagem nos pés após o procedimento do banho proporcionará muitas sensações agradáveis ​​e dispersará o sangue através dos vasos.

Mas existem contra-indicações. Problemas ginecológicos, febre, pressão arterial baixa, gravidez são fatores proibitivos para banhos de pés quentes.

Sal marinho como banho de pés - um benefício inegável para todo o corpo

Para o edema nas pernas, os curandeiros recomendam compressas quentes de sal. O sal absorve perfeitamente a água, por isso "extrai" o líquido dos membros inchados. Os curativos salinos precisam ser trocados todos os dias, porque o sal e a umidade acumulada absorvem as toxinas do corpo.

Dica! Compressas quentes, bem como banhos quentes (acima de 40 ° C) são estritamente contra-indicados, devido ao fato de que bactérias patogênicas que se instalaram nas áreas inflamadas do corpo começarão a se multiplicar vigorosamente.

Estímulo do crescimento salgado

Sal marinho é adequado para todos os tipos de cabelo como uma máscara de esfoliação, o uso de que se manifesta na densidade do cabelo e danos ao couro cabeludo só pode ser feito por se esforçar. A única contra-indicação ao uso de sal marinho são feridas e irritações no couro cabeludo. O sal marinho substitui perfeitamente os cuidadosos produtos capilares, ao mesmo tempo em que traz resultados mais rápidos e eficazes.

Ao tomar procedimentos de sal, é necessário lembrar-se de que o sal e todas as máscaras de sal devem aplicar-se ao cabelo umedecido. Neste caso, a cabeça antes de usar o sal do mar não pode lavar.

Quando o couro cabeludo seco não é recomendado para se envolver em procedimentos de sal: uma vez por semana - não mais. Para atenuar o efeito agressivo na pele seca, os aditivos naturais devem ser adicionados ao sal marinho de meio-fundo. Creme, creme azedo, iogurte, ovo vai servir como uma grande ajuda aqui.
Para a cabeça com pele oleosa procedimentos cosméticos com sal são permitidos até 2 vezes por semana. Enriquecer a máscara pode ser mel, suco de limão, óleo de semente de uva.

Quando o couro cabeludo seco não é recomendado para se envolver em procedimentos de sal: uma vez por semana - não mais

Aplique a máscara em um movimento de massagem ondulado, esfregando no couro cabeludo por 10-15 minutos. Promove a microcirculação sanguínea e o fornecimento de nutrientes aos folículos pilosos.

Dica!Decoctions de ervas são excelentes como um enxaguatório e um sedativo para o couro cabeludo após uma massagem de sal.

Cristais brancos para dentes brancos cristalinos

Dentes saudáveis ​​são a chave para um sorriso lindo. Existem várias maneiras de cuidar da cavidade oral. O sal marinho é um médico caseiro para os dentes, bom para as gengivas e prejudicial para os germes.

É possível cuidar da cavidade bucal com a ajuda do sal em duas versões:

  1. Escovar os dentes
  2. Lave a boca.

Escovar os dentes deve ser sal finamente moído, para não arranhar o esmalte e as gengivas. Os produtos odontológicos do sal marinho são acessíveis, fáceis de fazer e fáceis de usar:

  • para 1/4 colher de chá de refrigerante de mesa adicionar 4 colheres de chá de sal marinho; extinguir a mistura com 3-4 gotas de peróxido de hidrogênio;
  • 2 colheres de chá de alume (vendido em uma farmácia), 1 colher de chá de sal, 1/2 colher de chá de açafrão (um excelente antibiótico natural) moer em um moedor de café;
  • 1/2 colher de chá de sal e 1/4 colher de chá de óleo de girassol.

Essas receitas ajudam a prevenir muitas doenças da boca e dos dentes, não têm efeitos colaterais e o sal marinho, por causa de suas qualidades específicas inerentes, serve como uma ferramenta de diagnóstico para doenças dentárias.

O sal marinho é um médico caseiro para os dentes, bom para as gengivas e prejudicial para os germes.

Bochechos não devem ser quentes ou frios para não ferir o esmalte dos dentes:

  • 1 colher de sopa. colher de sal marinho em 200 ml de água;
  • 1 colher de sopa. Casca de farmácia de carvalho colher com 200 ml de água e mantenha em banho-maria por 10 minutos, arrefecer a 30 ° C, misture com sal.

As soluções ajudarão a reduzir a inflamação, fortalecer o esmalte, lidar com sangramento nas gengivas, aliviar o cheiro desagradável da boca.

Dica!Sal marinho para cuidar da cavidade bucal deve ser alimento, e não para a adoção de procedimentos de banho.

Hipócrates sabia dos efeitos benéficos da água do mar. Um cientista antigo recomenda fortemente o seu uso para curar feridas, rachaduras, contusões, bem como para o tratamento de sarna e privação. O banho de mar foi oferecido a pacientes que sofrem de neurose e dor nas articulações. No século XVIII, surgiu o termo “talassoterapia” - o tratamento do mar, e os médicos já prescreviam o banho de mar para pacientes como medicamentos.

A talassoterapia está intrinsecamente ligada ao sal marinho, e uma imersão total do corpo nesse ambiente rico em minerais acalma o sistema nervoso, dá força ao sistema cardiovascular, estimula processos metabólicos, melhora a defesa imunológica e eleva o humor.

Pin
Send
Share
Send
Send